Faleceu ontem, 9 de maio, pela manhã, em sua residência, o  prof.Dr. Henrique Del Nero. Ele foi nosso colega e amigo no grupo denominado Cognitio, o qual fundou e liderou durante mais de uma década. Henrique era médico psiquiatra formado pela Universidade de São Paulo e bacharel e mestre em filosofia, também pela USP. Sua especialização em psiquiatria, atividade que exerceu amplamente até seu falecimento, foi realizada no Hospital das Clínicas da FMUSP. Era profundamente interessado pelo entendimento do funcionamento da mente humana e, em sua trajetória para desenvolver seus próprios modelos e explicações, tornou-se um pesquisador multidisciplinar, acrescentando à sua formação o doutorado em engenharia eletrônica que realizou na Escola Politécnica da USP, obtendo seu título de doutor em 1997. Desde então tem sido professor visitante do departamento de engenharia de sistemas eletrônicos da EPUSP , onde ministrava a disciplina de Ciência Cognitiva, à época um dos cursos mais frequentados do programa de pós-graduação da Poli. Henrique tornou-se querido de seus alunos e colegas e sempre motivou discussões que buscava aprofundar até a exaustão, diante de sua incessante busca pelo conhecimento da mente. Em 1997 publicou seu livro O sítio da mente, onde expõe sua visão  sobre o assunto. Publicou  artigos e proferiu várias conferências sobre o tema no decorrer de sua atribulada vida, dividida entre o consultório, o ensino e pesquisa e sua família, pela qual sempre demonstrou um enorme afeto. Henrique caracterizou-se por ser uma pessoa eclética e que cultivava intensamente a razão e a emoção, o que tornou sua abordagem do problema cognitivo bastante atraente e lhe rendeu atrair um  círculo de interessados ao grupo que criou e liderou. O Cognitio começou como um grupo de estudos de ciência cognitiva, sediado pelo Instituto de Estudos Avançados da USP, o qual Henrique criou em 1990 e promoveu diversos encontros e reuniões semanais até seu término, em 1997, quando foi transformado no Cognitio. Em 1997, Henrique juntou-se ao corpo de pesquisas do Laboratório de Sistemas Integráveis da Poli, para onde trouxe o grupo Cognitio e desde então teve seus encontros e reuniões realizados no prédio da engenharia elétrica da Poli. Em 2003 o grupo tornou-se um Núcleo de Apoio à Pesquisa ( NAP ) da USP no tema ciência cognitiva. Ontem nos reuniamos às 16:00 horas, para planejar os próximos passos de expansão do Cognitio como NAP. Presentemente buscavamos expandir a participação de mais pesquisadores associados ao grupo. Foi com grande tristeza e consternação que recebemos a notícia do falecimento do Henrique. Será sempre saudosa a sua querida memória entre todos nós.